05 de Março de 2024

Aprovação de Riedel na Capital é maior do que a de Adriane Lopes

Gestão do governador é aprovada por 41% dos eleitores, o que aponta sua forte influência nas eleições municipais

Segunda-feira, 05 de Fevereiro de 2024 - 12:24 | Redação

imagem
Aprovação de Riedel na Capital é maior do que a de Adriane Lopes
O governador Eduardo Riedel e a prefeita Adriane Lopes (Divulgação)

A aprovação do governador Eduardo Riedel (PSDB) em Campo Grande, avaliado de forma positiva por 41% dos eleitores, demonstra que sua influência será significativa nas eleições municipais deste ano. Em paralelo, as chances de a prefeita Adriane Lopes (PP) se reeleger seguem em queda.

O quadro é resultado da última pesquisa do Instituto Ranking, na qual Eduardo Riedel aparece com 41% de aprovação em Campo Grande. Adriane Lopes aparece com 35%.

Os números mostram ainda que 35% dos entrevistados consideram regular a gestão do governador e 38% avaliam a prefeita da mesma forma.

Para 21% dos eleitores ouvidos a administração da prefeita é ruim ou péssima, ao passo que o índice atribuído a Eduardo Riedel nesse quesito é de 15%.

Prefeita estacionou

Se analisadas as três últimas pesquisas feitas pelo Instituto Ranking, a avaliação negativa de Adriane Lopes praticamente estacionou na casa dos 21 pontos porcentuais.

Esses índices sugerem o comprometimento de suas chances de crescimento. Os números indicam que se consolidou junto aos eleitores a opinião de que a gestão vai mal e que ela tem pouca capacidade administrativa.

Em setembro de 2023, 24,3% do eleitorado consideravam péssima a sua gestão, índice que caiu para 22% no mês de  novembro. 

Agora, em janeiro de 2024, nesse quesito ela é reprovada por 21% dos eleitores entrevistados, o que indica nesse patamar a consolidação da reprovação de sua gestão. 

Ainda, aplicando-se a margem de erro do levantamento de 3,1% para mais ou para menos, a reprovação segue praticamente inalterada.

Aprovação de Riedel na Capital é maior do que a de Adriane Lopes

Números reais

Conforme mapa de apuração do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS) divulgado no segundo turno das eleições de 2022, Campo Grande possui pouco mais de 639 mil eleitores. 

Levando-se em consideração esses dados, o índice de 21% representa que a gestão Adriane Lopes é reprovada por 134,2 mil eleitores.

Sem crescimento

Se é certo que as pesquisas do Instituto Ranking mostram a consolidação da reprovação, a aprovação também não teve qualquer aumento se analisados os três últimos levantamentos do Instituto Ranking.

Em setembro de 2023 ela foi avaliada de forma positiva por 32% do eleitorado, índice que saltou para 34,2% em novembro do mesmo ano e que agora é de 35%, o que demonstra que a aprovação também estacionou.

Como a margem de erro da pesquisa é de 3,1% para mais ou para menos, segue inalterado o número de eleitores que aprovam a sua gestão.

Dados da pesquisa

Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº MS-05781/2024, o levantamento foi realizado no período de 26 a 30 de janeiro. Foram ouvidas 1 mil pessoas em todas as regiões de Campo Grande com 16 anos ou mais. A pesquisa tem um intervalo de confiança de 95% e a margem de erro máxima estimada foi de 3,1% para mais ou para menos.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade