23 de Abril de 2024

47% dos apoiadores querem que Bolsonaro indique candidato próprio em SP

37% defendem que o ex-presidente apoie Ricardo Nunes

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024 - 10:30 | Redação

imagem
47% dos apoiadores querem que Bolsonaro indique candidato próprio em SP
Bolsonaro durante ato (Foto: Reprodução/Silas Malafaia).

Nova pesquisa mostra que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tem apoio de 47% de seus eleitores para lançar um candidato próprio à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2024.

O estudo, intitulado Monitor do Debate Político no Meio Digital, ouviu 575 pessoas e foi conduzido pelo Grupo de Políticas Públicas Para o Acesso à Informação da Universidade de São Paulo (USP), durante o ato realizado na avenida Paulista nesse domingo (25). A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Outros 37%, porém, defendem que Bolsonaro apoie o atual prefeito Ricardo Nunes (MDB), que tem buscado uma aliança menos midiática, visando o percentual de eleitores paulistanos não alinhados aos discursos extremistas do ex-presidente. Nunes esteve presente durante o ato nesse domingo, mas não discursou. Outros 15% ouvidos pelos pesquisadores afirmaram não saber o que preferem.

Bolsonaro indicou vice de Nunes

No final de janeiro, o presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, apresentou a Ricardo Nunes o nome do Coronel da Rota Mello Araújo para ser vice-prefeito na chapa, durante reunião na Prefeitura de São Paulo.

Dias depois, o ex-presidente Bolsonaro confirmou em entrevista a Revista Oeste que a indicação do coronel a Nunes foi dele. “Eu considero São Paulo um jogo de War [jogo de tabuleiro]. Apresentei um nome para o Valdemar, ele concordou e obviamente depende agora do Ricardo Nunes aceitar esse nome. Uma vez aceitado, está pacificado”, disse.

Na mesma entrevista, Bolsonaro revelou que sua preferência para a disputa em São Paulo "sempre foi" o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP), ex-ministro do Meio Ambiente no seu governo.

“A minha preferência sempre foi o Ricardo Salles, não nego isso aí. Gosto muito dele, tenho uma boa amizade com ele, mas a decisão aí foi mais para o Valdemar. A partir do momento em que ele tomou a decisão, ele falou que eu indicaria o vice”.

Valdemar teria desistido do apoio a Salles por avaliar que ele seria incapaz de vencer o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP), apoiado pelo presidente Lula (PT).

Perfil dos entrevistados

Segundo os pesquisadores, o estudo avaliou "as características demográficas, identidade política e a opinião a respeito de vários assuntos políticos", e cobriu "toda a extensão da manifestação na Avenida Paulista". 

Os dados mostram que 78% se afirmam "muito conservadores", enquanto apenas 1% diz não saber. Do público presente, 62% eram homens, e a maior faixa etária estava entre os 55 e 65 anos – 25% do total. 

Os números ainda apontam que 65% do público foi composto por pessoas brancas, enquanto apenas 5% eram pessoas pretas. A maior renda familiar demonstrada foi de 3 a 5 salários mínimos, sendo 26% do total, enquanto aqueles que recebem de 5 a 10 salários mínimos correspondiam a 25%.

Apesar do ato ter sido organizado e convocado pelo pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, a maior parte do público – 43% – se afirmou católica, enquanto 29% diziam-se evangélicos.

 

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

Tudo Sobre

bolsonaro sao-paulo
VoxMS - Notícia de Verdade