02 de Março de 2024

PF prende falsa advogada que aliciava índios para fraudar Previdência Social

Quarta-feira, 14 de Junho de 2017 - 11:52 | Redação

imagem
PF prende falsa advogada que aliciava índios para fraudar Previdência Social

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje, em Ponta Porã, uma estelionatária que se passava por advogada para aliciar índios e, assim, fraudar a concessão de benefícios sociais como a aposentadoria rural.

Além de deter a falsa advogada preventivamente, a força-tarefa previdenciária apreendeu na casa da investigada documentos indígenas, carteiras de identidade e formulários de pedido de benefícios previdenciários.

Em apenas três fraudes já identificadas, o prejuízo evitado para a Previdência Social chega a R$ 600 mil. Também foram identificadas fraudes em empréstimos consignados feitos em nome de índios da etnia Kaiowá, principais alvos da ação da falsa advogada, cujo nome não foi confirmado.

PF prende falsa advogada que aliciava índios para fraudar Previdência Social

A operação policial contou com a participação de representantes da Coordenação de Inteligência Previdenciária do Ministério da Fazenda e do Ministério Público Federal. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Ponta Porã.

Em 2015, a Polícia Federal já tinha desbaratado um esquema fraudulento semelhante em Amambai (MS), evitando um prejuízo de R$ 4 milhões aos cofres públicos.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade