22 de Maio de 2024

Lira diz que Padilha é "desafeto pessoal" e o chama de incompetente

Falas foram feitas após centrão e bolsonarismo tentarem suspender a prisão do suposto mandante do assassinato de Marielle

Quinta-feira, 11 de Abril de 2024 - 17:30 | Redação

imagem
Lira diz que Padilha é desafeto pessoal e o chama de incompetente
Arthur Lira e Alexandre Padilha (Foto: Adriano Machado).

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), subiu o tom contra o governo, nesta quinta-feira (11). Em entrevista à imprensa, o parlamentar tratou de fazer duras críticas ao ministro da Secretaria das Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT). 

Ao ser perguntado sobre um suposto enfraquecimento de seu poder após a votação que manteve a prisão de Chiquinho Brazão (sem partido-RJ), Lira negou e responsabilizou Padilha pelos rumores.

"Essa notícia foi vazada do governo e, basicamente, do ministro Padilha, que é um desafeto, além de pessoal, um incompetente. Não existe partidarização. Eu deixei bem claro que ontem [quarta-feira] a votação foi de cunho individual, cada deputado responsável pelo voto que deu. Não tem nada a ver", afirmou Lira, que participou de uma feira agroindustrial na cidade de Londrina, no norte do Paraná.

Na conversa com jornalistas, Lira afirmou que é "lamentável" ver membros do governo "plantando mentiras". "É lamentável que integrantes do governo interessados na estabilidade da relação harmônica entre os Poderes fiquem plantando essas mentiras, notícias falsas, que incomodam o Parlamento. E, depois, quando o Parlamento reage acham ruim", declarou o presidente da Câmara.

Por fim, o presidente da Câmara garantiu que o resultado da votação que manteve a prisão de Chiquinho Brazão não irá interferir nas votações de outras pautas na Casa. 

"É lamentável que integrantes do governo interessados na estabilidade da relação harmônica entre os Poderes fiquem plantando essas mentiras, notícias falsas, que incomodam o Parlamento. E, depois, quando o Parlamento reage acham ruim", declarou o presidente da Câmara.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade