21 de Junho de 2024

Arma usada em ataque a escola em SP era do pai do atirador

Terça-feira, 24 de Outubro de 2023 - 02:24 | Redação

imagem
Arma usada em ataque a escola em SP era do pai do atirador

A Polícia Civil informou que a arma utilizada no ataque a Escola Estadual Sapopemba, na zona leste de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (23), pertencia ao pai do atirador e está legalizada. O ataque deixou uma pessoa morta e ao menos dois feridos.

Segundo as autoridades,  o aluno de 16 anos  teria utilizado um revólver calibre 38 do pai para fazer o ataque. O caso segue sendo investigado pelo 70º Distrito Policial, na Vila Ema.

Esta não é a primeira vez que o suspeito tem registro de ocorrência. No dia 24 de abril deste ano, o aluno do 1º ano do Ensino Médio foi apreendido por policiais militares, após atenderem a ocorrência. Ele alegava que havia sofrido agressões e ameaças de outros alunos.

A vítima é uma jovem de 15 anos que foi atingida na cabeça. Ela não resistiu aos ferimentos. As outras duas jovens foram encaminhadas ao hospital, e estão em estado estável, de acordo com o boletim médico.

No Twitter, o governado de São Paulo,

;ref_url=https%3A%2F%2Fultimosegundo.ig.com.br%2Fbrasil%2Fsp%2F2023-10-23%2Farmas-usadas-ataque-escola-sp-pertence-pai.html">Tarcísio de Freitas (Republicanos), lamentou o ocorrido. O governo ainda emitiu uma nota dizendo que a "prioridade nesse momento é o atendimento às vítimas e o apoio psicológico aos alunos, profissionais de educação e familiares".

;ref_url=https%3A%2F%2Fultimosegundo.ig.com.br%2Fbrasil%2Fsp%2F2023-10-23%2Farmas-usadas-ataque-escola-sp-pertence-pai.html

O ministro da Justiça e Segurança Pública,

;ref_url=https%3A%2F%2Fultimosegundo.ig.com.br%2Fbrasil%2Fsp%2F2023-10-23%2Farmas-usadas-ataque-escola-sp-pertence-pai.html">Flávio Dino, também se pronunciou através de uma publicação no Twitter, dizendo que o governo federal foi acionado para auxiliar nas investigações. 

;ref_url=https%3A%2F%2Fultimosegundo.ig.com.br%2Fbrasil%2Fsp%2F2023-10-23%2Farmas-usadas-ataque-escola-sp-pertence-pai.html

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), lamentou a morte  da jovem e aproveitou o momento para fazer críticas ao acesso a armas. "Recebi com muita tristeza a notícia do ataque na Escola Estadual Sapopemba, Zona Leste de São Paulo. Meus sentimentos aos familiares da jovem assassinada e dos estudantes feridos. Não podemos normalizar armas acessíveis para jovens na nossa sociedade e tragédias como essas", disse o presidente.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade