14 de Junho de 2024

PF investiga denúncia de estupro coletivo de passageira em cruzeiro

A vítima relatou às autoridades que estava inconsciente quando foi violentada

Quarta-feira, 01 de Maio de 2024 - 12:30 | Redação

imagem
PF investiga denúncia de estupro coletivo de passageira em cruzeiro
Crime está sendo investigado pela Polícia Federal (Arquivo)

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (30) em decorrência de denúncia de estupro coletivo de passageira de navio de cruzeiro. O crime, segundo a denúncia, teria ocorrido em 2022.

A vítima relatou às autoridades que estava inconsciente quando foi violentada. Segundo seu relato, ela havia consumido uma grande quantidade de bebida alcoólica e foi conduzida por três homens com idades entre 27 e 30 anos para uma cabine do navio, onde teria ocorrido o crime.

A Polícia Federal, em meio à investigação do caso, realizou uma operação para cumprir sete mandados de busca e apreensão.

Uma equipe composta por 24 policiais foi mobilizada para buscar evidências que possam vincular os acusados aos vestígios encontrados no dia em que a mulher afirma ter sido vítima do estupro.

Caso o crime seja comprovado, os três homens enfrentarão acusações sérias e podem ser condenados a até 20 anos de prisão. A Delegacia de Polícia Federal em Angra dos Reis (RJ) está à frente das investigações.

No entanto, a PF optou por não divulgar à imprensa o nome da empresa responsável pelo cruzeiro nem a identidade dos acusados.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade