16 de Julho de 2024

Indicadores positivos da economia de MS garantem o avanço da agropecuária

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 - 13:25 | Redação

imagem
Indicadores positivos da economia de MS garantem o avanço da agropecuária

A maior recessão econômica da história brasileira, iniciada em 2014, freou o crescimento dos setores produtivos e atrapalhou o desenvolvimento dos estados. Em Mato Grosso do Sul, a gestão do governador e candidato à reeleição Reinaldo Azambuja (PSDB), pautada nos pilares da coragem e responsabilidade, criou condições favoráveis para o avanço das atividades econômicas, entre elas a agropecuária. A afirmação é do presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Mauricio Saito.

Para o dirigente, o papel desempenhado pelo Governo do Estado entre os anos de 2015 e 2018 formou um ambiente positivo para o setor, que registrou bons resultados, como as supersafras de soja, por exemplo. “Toda a pujança existente dentro do setor agropecuário primeiro passa pelo empreendedorismo do produtor rural. Mas há necessidade de uma ambiência dentro do Estado. Aqui em Mato Grosso do Sul temos indicadores que nos levam a crer que tendo um trabalho responsável e comprometido podemos fazer aquilo que fazemos muito bem feito da porteira para dentro”, afirmou Saito.

“Mato Grosso do Sul ocupa a primeira colocação do ranking dos estados em liberdade econômica, conforme o Centro Mackenzie. Temos o segundo lugar no ranking dos estados em investimentos em infraestrutura, segundo o Valor Econômico. Temos a terceira maior taxa de crescimento do PIB em 2017, mesmo na crise, de acordo com o Banco Santander. MS é o quinto estado mais competitivo do País em 2016 e 2017, segundo o Centro de Liderança Pública. E nós temos, com muito orgulho, a segunda menor taxa de desemprego no Brasil. Esses são indicadores significativos, principalmente se comparados aos parâmetros nacionais”, destacou o presidente da Famasul. Por dois anos consecutivos o PIB do Brasil encolheu e o País acumula 14 milhões de desempregados.

Reinaldo salientou a interlocução do Governo do Estado com a Federação da Agricultura e Pecuária no avanço de políticas públicas que contribuem para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “O resultado desse trabalho os indicadores têm mostrado. Somos o estado que mais aumentou a renda do trabalhador, o segundo em geração positivas de emprego do Brasil e a quinta economia mais competitiva. Nisso tudo o agro tem papel primordial, pois tem contribuído com o fortalecimento da economia para podermos gerar oportunidades para a nossa gente”, reiterou o governador.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade