01 de Março de 2024

Governador diz que Wesley Batista mentiu e vai exigir a comprovação das acusações

Domingo, 21 de Maio de 2017 - 07:59 | Redação

imagem
Governador diz que Wesley Batista mentiu e vai exigir a comprovação das acusações

As declarações do empresário Wesley Batista, do grupo JBS, na delação da Lava Jato foram consideradas como mentiras deslavadas e, em alguns casos, verdadeiras piadas pelo governador Reinaldo Azambuja. Em coletiva de imprensa, no município de Dourados, no sábado, o governador refutou as acusações contra ele, como também sobre os acordos de incentivos fiscais firmados em sua gestão. Ele ressaltou que todos foram feitos com objetivo de gerar emprego e tornar o cenário igualitário para tornar o Estado mais atrativo aos investidores.

Reinaldo Azambuja ainda disse que qualquer acordo entre o Estado e o grupo JBS está fundamentado em documentos que comprovarão a lisura do processo. Já em relação às acusações pessoais, o governador cobrou provas. “Uma pessoa que acusa baseada apenas num acordo de delação para se livrar do crime que cometeu durante anos no País deve, no mínimo, apresentar provas comprovatórias daquilo que está acusando. Quanto às declarações sobre a minha conduta, estou tranquilo na posição de Governador de Mato Grosso do Sul e como pessoa física”, disse.

Mato Grosso do Sul é o estado nota 10 em transparência. “Posição que o Estado nunca havia alcançado em nenhuma outra gestão. Isso me dá total tranquilidade sobre as ações do nosso Governo”, ressaltou o governador.

Ouça abaixo a entrevista, na íntegra.

https://soundcloud.com/jornal-vox-ms/entrevista-com-o-governador-reinaldo-azambuja

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade