14 de Abril de 2024

André Puccinelli obtém vitória no TRF e retira tornozeleira

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 05:17 | Redação

imagem

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) retirou a tornozeleira eletrônica que vinha usando desde 11 de maio, por determinação da Justiça Federal, em função de investigação no âmbito da Operação Lama Asfáltica, que apura o desvio de mais de R$ 150 milhões de obras públicas.

O monitoramento eletrônico, uma alternativa à prisão, foi determinado pela juíza federal substituta Monique Marchioli Leite. Ontem, o desembargador do TRF3 Paulo Fontes substituiu o uso da tornozeleira por outras medidas restritivas.

Puccinelli está proibido de deixar a cidade por mais de 15 dias sem prévia autorização judicial, não pode sair do país (terá de entregar o passaporte em juízo) e terá que se apresentar à Justiça mensalmente.

O magistrado manteve a obrigação dele pagar fiança no valor de R$ 1 milhão. O dinheiro poderá ser levantado do montante que está bloqueado também por ordem judicial.

O mesmo desembargador também decidiu libertar o dono da Gráfica Alvorada, Mirched Jafar Junior, que estava detido no centro de triagem no Presídio de Segurança Máxima da Capital desde o último dia 11.

 O único a permanecer preso é Jodascil da Silva Lopes, que estava foragido e se apresentou à polícia na última segunda-feira.

A Operação “Lama Asfáltica” investiga o desviou recursos públicos em licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos e corrupção de agentes públicos.

A ação da Polícia Federal foi desencadeada no dia 11 de maio para a apuração de atos de corrupção que resultaram, por meio de licitações fraudulentas, em desvios de recursos dos cofres públicos de Mato Grosso do Sul que somam mais de R$ 150 milhões.

Esta nova fase desencadeada resultou no cumprimento de 44 mandados, entre prisão preventiva, condução coercitiva e busca e apreensão em quatro cidades de Mato Grosso do Sul e em outros dois Estados. As investigações tiveram início em 2015.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade