22 de Maio de 2024

Alta rejeição compromete reeleição de Adriane Lopes

Segunda-feira, 28 de Agosto de 2023 - 05:50 | Redação

imagem
Alta rejeição compromete reeleição de Adriane Lopes

Pesquisa de intenção de voto realizada pela Rede Agora mostra que a pouca competitividade da prefeita Adriane Lopes (PP) poderá inviabilizar seu projeto de reeleição em 2024.

Além de ser a mais rejeitada entre as nove potenciais pré-candidaturas ao Paço Municipal em Campo Grande, a ex-vice de Marquinhos Trad aparece em penúltimo lugar na preferência dos eleitores.

Alta rejeição compromete reeleição de Adriane Lopes

De acordo com os números da pesquisa, se as eleições fossem hoje Adriane Lopes não receberia de jeito nenhum o voto de 19% dos eleitores entrevistados.

Na segunda colocação aparece o ex-prefeito André Puccineli (MDB), rejeitado por 14,6% dos eleitores. Ele é seguido por Camila Jara (PT), com 9,8% de rejeição, e Capitão Contar (PRTB), que não receberia o voto de 9,4% do eleitorado.

Na sequência aparecem Rose Modesto (União Brasil), com 6,7%; Lucas de Lima (PDT), com 5,9%; Marcos Pollon (PL), com 5,8%; Pedrossian Neto (PSD), com 5,2%; e Beto Pereira (PSDB), com 2,7% de rejeição.

Os que não rejeitam nenhum dos candidatos somam 6,3% e os indecisos representam 14,6% dos eleitores entrevistados.

Alta rejeição compromete reeleição de Adriane Lopes

Na pesquisa estimulada, na qual é apresentado ao eleitor os nomes dos pretensos candidatos, André Puccinelli aparece na dianteira, com 20,1% das intenções de voto.

Ele é seguido por Rose Modesto, com 18,2% de indicações, e Capitão Contar, com 11,7% da preferência do eleitorado de Campo Grande.

Na sequência aparecem Lucas de Lima (9,8%), Pedrossian Neto (8,3%), Camila Jara (7,2%), Beto Pereira (3,9%), Adriane Lopes (2,8%) e Marcos Pollon (2,5%).

Os que não votariam em nenhum dos candidatos apresentados somam 11,1%. Já os indecisos representam 4,4% dos eleitores entrevistados.

O levantamento

A pesquisa realizada de forma presencial pela Rede Agora em todas as regiões de Campo Grande nos dias 19, 20, 21 e 22 de agosto de 2023.

A margem de erro do levantamento é de 4% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Foram entrevistados 746 eleitores.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade