24 de Fevereiro de 2024

Operação da PF mira maior traficante de armas da América do Sul

Terça-feira, 05 de Dezembro de 2023 - 06:02 | Redação

imagem
Operação da PF mira maior traficante de armas da América do Sul

Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação nesta terça-feira (5) contra um grupo suspeito de entregar 43 mil armas de fogo para as maiores facções do país, o Primeiro Comando da Capital e Comando Vermelho. O principal alvo da corporação é o argentino Diego Hernan Dirísio. Ele é o maior traficante de armas da América do Sul.

A operação cumpre 25 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária e 52 mandados de busca e apreensão no Brasil, Estados Unidos e Paraguai.

Operação da PF mira maior traficante de armas da América do Sul

A PF realizou buscas na residência de Diego, que mora em Assunção, capital do Paraguai, mas não o encontraram.

De acordo com as investigações, o argentino comprava armas como pistolas, fuzis, metralhadoras e munições de fabricantes europeus, especialmente dos seguintes países: Eslovênia, Croácia, Turquia e República Tcheca.

Através da empresa IAS, de Diego revendia arsenais para facções brasileiras. Elas chegavam principalmente no Rio de Janeiro e São Paulo.

A operação, conduzida pela Justiça da Bahia, determinou que os alvos de prisão que estiverem foram do Brasil devem ser incluídos na lista vermelha da Interpol e que, caso sejam presos, extraditem-nos para o Brasil.

Segundo a Polícia Federal, a operação foi iniciada em 2020, quando armas foram apreendidas em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Desde então, a corporação realizou 67 apreensões que resultaram em 659 armas apreendidas no Mato Grosso do Sul, São Paulo, Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

De acordo com a PF, de novembro de 2019 a maio de 2022, a empresa de Diego importou 7.720 pistolas de um fabricante na Croácia.

As investigações ainda apontam que havia corrupção e tráfico de influência na Direccion de Material Belico (DIMABEL), órgão do Paraguai que controla, fiscaliza e libera o uso de armas, o que facilita o funcionamento do esquema.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade