14 de Abril de 2024

Governo repassa R$ 15 milhões para destravar obras na Capital

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017 - 06:53 | Redação

imagem
Governo repassa R$ 15 milhões para destravar obras na Capital

Convênios com repasse estadual de R$ 15 milhões para destravar R$ 180 milhões em obras emblemáticas para Campo Grande foram publicados na edição do Diário Oficial do Estado. O aporte foi feito para liberar os recursos federais e a execução das obras ficará por conta da prefeitura.

“Isso reforça a parceria do Governo do Estado com Campo Grande, uma vez que o governo sempre esteve à disposição da Capital. A grande importância está no fato de que vamos destravar R$ 180 milhões em obras consideradas emblemáticas e que irão mudar a realidade de muitas regiões”, declarou o titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Marcelo Miglioli.

Disponível na página 32 do DOE de ontem, 23 de agosto, o primeiro termo tem o valor de R$ 9,5 milhões para pavimentação e qualificação de vias nos bairros Nova Lima, Atlântico Sul, São Francisco, Bellinate, Jardim Seminário, Mata do Jacinto, Sírio Libanês e Vila Nasser. Somados aos recursos federais, essas obras totalizam R$ 71,9 milhões em investimentos. O segundo é destinado à urbanização do córrego Bálsamo a ser executada em duas etapas que somadas irão totalizar R$ 26,5 milhões, sendo a contrapartida do Estado de R$ 3,1 milhões.

Governo repassa R$ 15 milhões para destravar obras na Capital

Outro convênio garante a recuperação no Complexo Anhanduí, Cabaça e Areias, onde serão feitas obras de restauração de margens, galerias pluviais, recuperação de áreas úmidas, reservatório de amortecimento de cheias, urbanização de caráter complementar e pavimentação. A contrapartida estadual de R$ 900 mil integra o montante de R$ 57,7 milhões incluindo os recursos federais.

Serão também repassados à prefeitura R$ 1,3 milhão em recursos estaduais, como contrapartida aos investimentos de R$ 24 milhões da União em mobilidade urbana. Eles incluirão a implantação de corredores de transporte em grandes avenidas da Capital – como Calógeras e Gury Marques – rua Bahia. Na primeira via, o trecho beneficiado será de 2,7 quilômetros da avenida Mato Grosso até a Eduardo Elias Zahran. Na avenida Gury Marques, serão 2,26 quilômetros de intervenções – desde a avenida Interlagos até o terminal Guaicurus. Já na rua Bahia, será implantado corredor de transporte em 1,75 quilômetros desde a avenida Afonso Pena até a Coronel Antonino. A implantação dos corredores de transporte incluirá alterações no tráfego dessas vias.

Parceria - A parceria do governo com a prefeitura já vem dando resultados positivos para a Capital. Na primeira etapa do Programa Juntos por Campo Grande, foram repassados R$ 10 milhões que foram somados ao mesmo valor da administração municipal e destinados à recuperação de vias com o serviço de tapa-buraco.

Em Campo Grande, o Governo investiu ainda na construção do prédio para o campus da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) – R$ 50,4 milhões -; na readequação da rotatória da avenida Mato Grosso com Via Parque (R$ 1,6 milhão) e no Polo Empresarial Miguel Letteriello (R$ 1,6 milhão).

Estão em andamento as obras de drenagem e pavimentação do bairro Aero Rancho (R$ 7,1 milhões); duplicação da Euler de Azevedo (R$ 16,1 milhões); revitalização do Núcleo Industrial Indubrasil (R$ 6,6 milhões); rotatória de acesso ao Outlet Premiun, no anel viário na BR-262 (R$ 1,5 milhão); conclusão do Hospital do Trauma (R$ 1,6 milhão) e conclusão do subsolo do Hospital do Câncer (R$ 1,2 milhão).

Os repasses estaduais para a Saúde na Capital foram de R$ 91 milhões em 2016 e 2017, além do incremento de 28 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Na área da Educação, os repasses para reformas de escolas, uniformes, material didático no ano passado somaram R$ 11,5 milhões. Os recursos estaduais de R$ 10,4 milhões como contrapartida garantiram ainda a construção de 2066 moradias na Capital. Por meio de convênio, o Governo fará ainda o repasse de R$ 4,9 milhão para aquisição de material para a conclusão das moradias das famílias removidas da ocupação do bairro Cidade de Deus.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade