05 de Março de 2024

Aécio pediu ajuda a Gilmar Mendes para aprovar projeto sobre abuso de autoridade

Domingo, 21 de Maio de 2017 - 06:43 | Redação

imagem
Aécio pediu ajuda a Gilmar Mendes para aprovar projeto sobre abuso de autoridade

Uma conversa entre o ministro do STF Gilmar Mendes e o senador afastado Aécio Neves (PSDB) interceptada pela Polícia Federal com autorização judicial mostra o parlamentar solicitando a interferência do magistrado junto a senadores visando a aprovação o projeto que modifica a lei dos crimes de abuso de autoridade – que fere de morte a Operação Lava Jato, segundo o MPF.

O diálogo ocorreu na manhã de 26 de abril, data em que o Senado aprovou a matéria tanto na Comissão de Constituição de Justiça, quanto no plenário. Na conversa Aécio Neves pediu ajuda a Gilmar Mendes para convencer o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) a seguir a posição dele próprio, Aécio, na votação do projeto.

Gilmar Mendes concorda e diz que vai ajudar ao senador. A autorização para a gravação dos telefones de Aécio Neves partiu do ministro Edson Fachin, do STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), como uma das ações ligadas à Operação Patmos, deflagrada na quinta-feira passada com base nas delações da JBS.

Diz trecho relatório da PF após 15 dias de interceptação de um celular do senador: “Aécio Neves diz a seu interlocutor para ligar para o senador Flexa e dizer que acompanhe sua posição (‘acompanha a posição do Aécio lá…’). Gilmar concorda e diz que já havia falado com Anastasia e Tasso, provavelmente os senadores. Observa-se que na referida data ocorria procedimento legislativo referente ao projeto de Abuso de Autoridade no Senado Federal”. Segundo a PF, os dois outros senadores citados por Gilmar Mendes na conversa seriam Tasso Jeireissati, Antonio Anastasia, ambos tucanos.

ÍNTEGRA DA TRANSCRIÇÃO DE DIÁLOGO ENTRE AÉCIO NEVES E GILMAR MENDES:

AÉCIO NEVES: Oi, Gilmar. Alô.

GILMAR: Oi, tudo bem?

AÉCIO NEVES: Você sabe um telefone que você poderia dar que me ajudaria na condução lá. Não sei como é sua relação com ele, mas ponderando… enfim, ao final dizendo que me acompanhe lá, que era importante… era o Flexa, viu?

GILMAR: O Flexa, tá bom, eu falo com ele.

AÉCIO NEVES: Porque ele é o outro titular da comissão, somos três, sabe?.. né…

GILMAR: Tá bom, tá bom. Eu vou falar com ele. Eu falei… eu falei com o Anastasia e falei com o Tasso… Tasso não é dá comissão, mas o Anastasia… o Anastasia disse “Ah tô tentando…[incompreensível]…” e…

AÉCIO NEVES: Dá uma palavrinha com o Flexa… a importância disso e no final dá sinal para ele porque ele não é muito assim… de entender a profundidade da coisa… fala ó.. acompanha a posição do Aécio porque eu acho que é mais serena. Porque o que a gente pode fazer no limite? Apresenta um destaque para dar uma satisfação para a bancada e vota o texto… que vota antes, entendeu?

GILMAR: Unhum

AÉCIO NEVES: Destaque é destaque é destaque… depois não vai ter voto, entendeu?

GILMAR: Unhum. Unhum.

AÉCIO NEVES: Pelo menos vota o texto e dá uma…

GILMAR: Unhum

AÉCIO NEVES: Uma satisfação para ban… para não parecer que a bancada foi toda ela contrariada, entendeu?

GILMAR: Unhum.

AÉCIO NEVES: Se pudesse ligar pra Flexa aí e fala…

GILMAR: Eu falo pra com ele… e falo com ele… eu ligo pra ele… eu ligo pra ele agora.

AÉCIO NEVES: … [incompreensível]… importante

GILMAR: Ligo pra ele agora.

AÉCIO NEVES: Um abraço.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade