25 de Julho de 2024

Dengue e Covid-19: a importância da prevenção e do diagnóstico correto

Forma de transmissão e parte dos sintomas são os principais diferenciais entre as duas doenças

Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 - 14:41 | Redação

imagem
Dengue e Covid-19: a importância da prevenção e do diagnóstico correto
Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue (Divulgação)

Em meio ao cenário de preocupação com a saúde pública, os médicos Marcela Rodrigues e Marco César Roque, diretores da clínica Salus Imunizações, trazem à tona importantes esclarecimentos sobre como diferenciar os sintomas da dengue e da Covid-19, além de destacarem a relevância da prevenção e do diagnóstico correto.

Dengue e Covid-19, duas doenças com vírus diferentes e formas de transmissão distintas, apresentam sintomas que, em alguns casos, podem se sobrepor, dificultando o diagnóstico precoce e preciso.

Enquanto a dengue é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, a Covid-19 se propaga principalmente por meio de gotículas respiratórias de uma pessoa infectada.

Os sintomas da dengue frequentemente incluem febre alta, dores no corpo e nas articulações, dor de cabeça, mal-estar, perda de apetite e manchas vermelhas na pele. Por outro lado, os sintomas da Covid-19 variam de leves a graves e podem incluir tosse, febre, dor de garganta, falta de paladar ou olfato, fadiga e dor de cabeça, entre outros.

"A similaridade dos sintomas pode dificultar o diagnóstico correto, especialmente quando não há um histórico claro de exposição ao mosquito transmissor da dengue ou a pessoas infectadas pelo coronavírus", destaca Marcela Rodrigues.

Um exemplo vivenciado pela paciente Virginia Fonseca ressalta a importância do diagnóstico preciso: diante de dores de cabeça e desconforto, ela submeteu-se a testes para determinar a causa de seu mal-estar, sendo confirmado que estava com dengue.

Diante dessa complexidade, é fundamental que, ao apresentar sintomas semelhantes aos da dengue ou da Covid-19, busque-se imediatamente atendimento médico para uma avaliação detalhada. Profissionais de saúde estarão aptos a realizar os exames necessários e fornecer o tratamento adequado com base no diagnóstico correto.

Prevenção e cuidados

Marcela Rodrigues ressalta a importância da vacinação contra a dengue como ferramenta crucial na prevenção da doença e de suas complicações. A vacinação é uma estratégia eficaz para reduzir a incidência da dengue e proteger contra os diferentes sorotipos do vírus.

"A vacina contra a dengue protege contra o desenvolvimento de formas graves da doença, que podem levar à morte. É importante enfatizar sua importância para a prevenção", destaca Marco César Roque. Conscientizar sobre os riscos e a importância das medidas preventivas é essencial, pois muitas pessoas podem subestimar a gravidade das doenças.

O Ministério da Saúde reforça que é crucial buscar atendimento médico ao primeiro sinal de mal-estar, garantindo assim uma intervenção precoce e adequada.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade