24 de Fevereiro de 2024

Com cidade em crise, prefeito de Maceió falta reunião com Alckmin

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023 - 06:11 | Redação

imagem
Com cidade em crise, prefeito de Maceió falta reunião com Alckmin

Nesta terça-feira (5), uma reunião agendada entre o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, e o presidente em exercício Geraldo Alckmin (PSB-SP) foi cancelada devido à ausência do prefeito.

O pedido para a audiência foi feito pelo senador Rodrigo Cunha, mas Caldas teve outros compromissos fora de Brasília e não retornou a tempo para o encontro.

A capital alagoana enfrenta uma crise significativa relacionada ao afundamento do solo em regiões periféricas. Esse problema tem raízes na exploração de sal-gema, utilizado na produção de soda cáustica e PVC.

A extração do sal-gema começou na década de 1970 e foi encerrada em 2019, envolvendo um total de 35 minas.

Devido à aceleração do afundamento do solo, Maceió declarou estado de emergência. Em resposta, Alckmin autorizou um empréstimo de US$ 40 milhões para a capital alagoana enfrentar a crise.

A Defesa Civil de Maceió emitiu um alerta, reduzindo o nível de operações de alerta máximo para um alerta referente ao afundamento do solo. A situação é motivo de grande preocupação para a população local e as autoridades.

Além disso, o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas aplicou uma multa significativa à Braskem, empresa envolvida na exploração do sal-gema.

A multa de R$ 72 milhões refere-se a uma infração da licença de operação, que exigia a notificação de qualquer anormalidade ao órgão ambiental. O valor específico para essa infração é de R$ 2.027.143,92.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade