02 de Março de 2024

Secretaria de Segurança registra queda de 29% nos roubos e furtos na Capital

Segunda-feira, 17 de Julho de 2017 - 05:54 | Redação

imagem
Secretaria de Segurança registra queda de 29% nos roubos e furtos na Capital

Campo Grande registrou em junho deste ano queda de 29% nos roubos e furtos em relação ao mês anterior. O período coincide com o primeiro mês de funcionamento da frota de 102 novas viaturas entregues pelo Governo do Estado para reforçar o policiamento preventivo e ostensivo na Capital. Os veículos foram adquiridos por meio do Programa MS Mais Seguro e integram a maior entrega já feita às forças policiais do Estado.

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apontam que a maior queda ocorreu nos casos de roubo, onde as vítimas são coagidas pelos assaltantes. A redução foi de 16,77% no último mês em relação a maio deste ano. Os casos de furto – onde não há coação, mas subtração de algum bem – também apresentaram redução, de 12,25% no período.

“A redução dos crimes se deve à presença ostensiva da Polícia na região central e nos bairros da Capital. É resultado da integração das forças de Polícia e à estrutura proveniente do Programa MS Mais Seguro que fortaleceu as estruturas da segurança pública. São fatores que têm contribuído para elucidação dos crimes e como fator inibidor de pessoas que eventualmente estejam querendo cometer delitos”, destacou o titular da Sejusp, José Carlos Barbosa.

Para a população, a diminuição desses crimes está relacionada justamente a esse conjunto de ações voltadas à segurança que inclui desde o acréscimo de viaturas à maior presença dos policiais, tanto no Centro quanto pelos bairros da cidade.

Os policiais que fazem monitoramento nas ruas acabam se tornando referência para a população, conta o Sargento da 5ª Companhia de Polícia Militar, Nelson Godoi.

“A presença da Polícia na rua inibe a criminalidade. Quando estamos em contato com a população cumprimos a função preventiva da PM e as pessoas passam a confiar mais na Polícia, conversam e até nos dão informações sobre crimes”, detalhou.

“Gosto de saber que eles estão nas ruas. Lá na minha vila na região do Caiçara também tenho visto mais viaturas e policiais”, confirma a aposentada Maria Leocília Nunes, de 57 anos.

 

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade