25 de Julho de 2024

Joias furtadas do apartamento de Reinaldo Azambuja foram vendidas por R$ 67 mil

Criminosos foram presos em São Paulo e até o momento apenas um relógio foi recuperado pela polícia

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024 - 10:28 | Redação

imagem
Joias furtadas do apartamento de Reinaldo Azambuja foram vendidas por R$ 67 mil
Fachada do edifício State Garden, residência do ex-governador Reinaldo Azambuja (Googlemaps)

Os três homens presos em São Paulo suspeitos de terem arrombado o apartamento do ex-governador Reinaldo Azambuja (PSDB), venderam por R$ 67 mil as jóias da ex-primeira-dama Fátima Azambuja, levadas do imóvel no final de semana.

Os bandidos foram presos por policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro (Garras). O carro usado na fuga e na moviumentação dos criminosos em Campo grande foi locado por um dos bandidos em Mato Grosso do Sul.

Monitoramento do Garras indicou que o veícul estava estacionado na Rua Benjamin Constant, na Sé, em São Paulo. Um dos bandidos já possui condenação por furto e estava em cumprimento de pena. Todos os três tiveram a prisão preventiva decretada.

Os ladrões usaram uma chave de fenda para arrombar a porta do apartamento, de onde subtraíram as joias. A polícia recuperou um relógio e R$ 67 mil em dinheiro com os suspeitos. Os bandidos confessaram o furto, mas não deram detalhes sobre outros crimes que podem ter cometido.

A polícia investiga se os bandidos cometeram outros furtos em Campo Grande. Ainda não há informações sobre o paradeiro dos outros objetos roubados do apartamento do ex-governador.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade