25 de Maio de 2024

Além de Claudinho Serra, Operação Tromper prendeu mais 7

Autoridades também cumpriram 28 mandados de busca e apreensão

Quinta-feira, 04 de Abril de 2024 - 15:05 | Redação

imagem
Além de Claudinho Serra, Operação Tromper prendeu mais 7
Claudinho Serra foi preso durante a Operação Tromper (Foto: Divulgação).

A terceira fase da Operação Tromper, que investiga esquema de corrupção em contratos e licitações na prefeitura de Sidrolândia e justificou a prisão do vereador de Campo Grande, Claudinho Serra (PSDB), na manhã de quarta-feira (03), também cumpriu mais 7 mandados de prisão e 28 de busca e apreensão.

O parlamentar é genro da prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), e ocupava o cargo de secretário de Fazenda, Tributação e Gestão Estratégica do município antes de assumir mandato na Câmara da capital. Além dele, outras 7 pessoas foram presas preventivamente, confira:

Lista de presos: 

  1. Cláudio Jordão de Almeida Serra Filho (Claudinho Serra); 
  2. Carmo Name Júnior;
  3. Ueverton da Silva Macedo;
  4. Ricardo José Rocamora Alves; 
  5. Milton Matheus Paiva Matos; 
  6. Ana Cláudia Alves Flores; 
  7. Marcus Vinícius Rossentini de Andrade Costa;
  8. Thiago Rodrigues Alves.

Lista dos mandados de busca e apreensão:

  • Cláudio Jordão de Almeida Serra Filho;
  • Carmo Name Júnior; 
  • Ueverton da Silva Macedo;
  • Ricardo José Rocamora Alves; 
  • Milton Matheus Paiva Matos; 
  • Ana Cláudia Alves Flores;
  •  Marcus Vinícius Rossentini de Andrade Costa; 
  • Thiago Rodrigues Alves; 
  • Luiz Gustavo Justiniano Marcondes; 
  •  Jacqueline Mendonça Leiria; 
  • MP Assessoria e Consultoria e Serviços Ltda; 
  •  Rafael Soares Rodrigues; 
  •  Paulo Vítor Famea; 
  •  Heberton Mendonça da Silva; 
  •  Roger William Thompson Teixeira de Andrade; 
  • Roberta de Souza; 
  • Valdemir Santos Monção; 
  • Cleiton Nonato Correia; 
  • GC Obras de Pavimentação Asfáltica Ltda; 
  • Edmilson Rosa; 
  • Ar Pavimentação e Sinalização; 
  • Fernanda Regina Saltareli; 
  • CGS Construtora e Serviços; 
  • Izaquel de Souza Diniz (Gabriel Auto Car); 
  • Yuri Morais Caetano; 
  • Maxilaine Dias de Oliveira (pessoa física); 
  • Maxilaine Dias de Oliveira LTDA (pessoa jurídica); 
  •  Jânio José Silvério.
Claudinho Serra lê a bíblia durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande (Foto: Divulgação).

Operação Tromper

A Operação Tromper teve duas fases deflagradas em 2023, onde foi descoberta existência de uma organização criminosa voltada a fraudes em licitações, sonegação fiscal e desvio de dinheiro público, além do pagamento de propina a agentes públicos e compartilhamento de informações privilegiadas da administração do município. A averiguação feita pela 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sidrolândia estima desvio de pelo menos R$ 15 milhões dos cofres públicos. 

A operação utilizava metodologia de criar empresas de “fachada” para emitir notas frias sobre serviços que teriam sido prestados à prefeitura de Sidrolândia. 

Segundo o Procedimento de Investigação Criminal elaborado pelo Grupo Especial de Combate à Corrupção, Claudinho Serra é o mentor e responsável pela articulação dos esquemas. 

Vereador assumiu mandato em 2023

O vereador Claudinho Serra assumiu mandato de vereador em maio de 2023 com a saída de João Rocha (PP) para secretaria de Governo de Campo Grande. Com a volta de Rocha para a Câmara, Claudinho assumiu em 7 de março a cadeira de Ademir Santana (PSDB), renunciou ao cargo para atuar em campanha eleitoral do PSDB.

 

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade