14 de Junho de 2024

Milei se encontra com papa após tê-lo xingado durante campanha eleitoral

Extremista busca melhorar sua imagem com o eleitorado conservador argentino

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024 - 07:21 | Redação

imagem
Milei se encontra com papa após tê-lo xingado durante campanha eleitoral
O papa Francisco e o presidente da Argentina, Javier Milei (Foto: Reuters/Vatican Media).

Javier Milei, presidente da Argentina, se encontrou nesta segunda-feira (12) com o Papa Francisco no Vaticano. O encontro ocorreu de forma privada e o mandatário Argentino presenteou o compatriota com alfajores e biscoitos, além de se desculpar pelas palavras ditas sobre o pontífice.

Durante a disputa das eleições presidenciais da Argentina em 2023, Milei declarou que o Papa Francisco era um “imbecil que defende a justiça social”, entretanto, o presidente eleito apresentou uma mudança no discurso.

O Vaticano informa que Milei e Francisco conversaram por cerca de uma hora e o presidente chegou atrasado ao compromisso após cumprimentar um grupo de argentinos.

Situação Econômica Argentina preocupa

Durante a campanha presidencial, Milei apostava nos discursos e planos econômicos para salvar o país. A Argentina enfrenta uma grave crise econômica, com inflação superior a 200% e a Lei Ómnibus , principal pacote econômico de Milei, não foi aprovada pelos deputados na última semana.

O plano econômico foi um dos tópicos debatidos entre os argentinos. Além disso, é provável que Francisco tenha conversado sobre um possível retorno ao país natal. O ex-arcebispo de Buenos Aires não visita o país desde 2013 e segundo o Vaticano, declarou que poderá viajar para a “sofrida” Argentina no segundo semestre.

Entretanto, o cardeal Victor Manuel Fernandez declarou que a viagem ainda não está clara “porque depende de muitas coisas”. O Papa já tem 87 anos de idade e apresenta dificuldade de locomoção e uma viagem de Roma a Buenos Aires leva cerca de 14 horas. Além disso, Francisco já declarou que não quer que sua imagem seja explorada politicamente.

Antes do encontro, Victor Fernandez, chefe do escritório de doutrina do Vaticano, foi questionado sobre as falas ofensivas de Milei contra Francisco, e declarou que acredita que o Papa não guardou rancor do presidente argentino:

“O papa é uma pessoa que tem muito carinho por todos, por isso não há qualquer dúvida de que ele tenha qualquer animosidade”. E encerrou declarando que mesmo que o papa não goste de “algumas tendências políticas e ideológicas, ele sempre se preocupará com aqueles que sofrem”.

 

 

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade