25 de Julho de 2024

Mercosul aumenta preço do arroz em 30% após tragédia no RS prejudicar produção brasileira

País havia anunciado que compraria os grãos no mercado internacional

Terça-feira, 21 de Maio de 2024 - 11:03 | Redação

imagem
Mercosul aumenta preço do arroz em 30% após tragédia no RS prejudicar produção brasileira
Bandeiras do Brasil e do Mercosul (Foto: Agência Senado).

O leilão de compra de arroz, que seria realizado nesta terça-feira (21) pelos países do Mercosul, foi suspenso após o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, rejeitar a alta de 30% no preço do grão.

"Nós demos uma demonstração ao Mercosul de que, se for querer especular, nós buscamos de outro lugar", disse o ministro ao G1 nesta segunda-feira (20).

O evento foi planejado pelo ministério com o objetivo de adquirir toneladas de arroz dos países do bloco, de forma a aumentar a oferta no mercado interno e, assim, evitar a alta nos preços do cereal para os consumidores, impactados diretamente pelas enchentes que afetaram a produção do grão no Rio Grande do Sul.

“Nós íamos comprar 100 mil toneladas, mas, pelos preços que o Mercosul estavam anunciando, nós íamos comprar só 70 mil. Certamente, eles vão voltar para a realidade porque não é justo”, afirmou Fávaro ao G1.

A suspensão veio logo após o governo federal zerar o imposto de importação do cereal para países de fora do bloco.

Até o momento, o leilão não foi remarcado.

Reunião de emergência

Na quinta-feira (16), o ministro esteve com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ministro da Casa Civil, Rui Costa, para uma reunião de emergência.

De acordo com o ministro, foi Lula quem decidiu pela suspensão do leilão e a isenção do imposto de importação de três tipos de arroz de países fora do bloco.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade