15 de Junho de 2024

"Coração está em Belém", diz papa ao celebrar a Missa do Galo

Festa do Natal em Belém foi cancelada

Segunda-feira, 25 de Dezembro de 2023 - 10:00 | Redação

imagem
Coração está em Belém, diz papa ao celebrar a Missa do Galo
Papa Francisco durante fala aos fiéis no Vaticano (Arquivo)

Durante a Missa do Galo, realizada neste domingo (24), o Papa Francisco, líder da Igreja Católica, mencionou que "os corações estão em Belém." Cerca de 6.500 fiéis participaram presencialmente, enquanto centenas assistiram por telas na Praça de São Pedro, em Roma.

Embora a homilia não tenha abordado explicitamente Israel ou Gaza, o Papa pediu orações pelos que sofrem com a guerra, incluindo Palestina, Israel e Ucrânia.

“Nesta noite, o nosso coração está em Belém, onde o Príncipe da Paz ainda é rejeitado pela lógica perdedora da guerra, com o estrondo das armas que ainda hoje o impede de encontrar alojamento no mundo”, afirmou Francisco na missa na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

A cidade de Belém, na Palestina, conhecida como uma das mais antigas comunidades cristãs do mundo, vive um Natal atípico este ano devido à guerra entre Israel e o grupo Hamas na Faixa de Gaza.

O cancelamento das celebrações natalinas é uma expressão de luto pelos mártires do conflito e uma demonstração de solidariedade ao povo em Gaza.

A decisão de cancelar grande parte das festividades de Natal em Belém foi tomada por cristãos palestinos, que optaram por não realizar tradicionais decorações na Praça da Manjedoura, local habitual das celebrações. Esta será a primeira vez que a praça não terá árvores de Natal e luzes decorativas.

A situação no conflito é preocupante, com o ataque do grupo terrorista Hamas em Israel em outubro resultando em aproximadamente 1.140 mortes, principalmente civis. A resposta de Israel, por meio de uma ofensiva aérea e terrestre, causou 20.424 mortes na Faixa de Gaza, a maioria mulheres e crianças.

O Papa Francisco tem denunciado repetidamente os ataques contra civis nesse conflito. Durante sua tradicional bênção "Urbi et Orbi" na segunda-feira (25), espera-se que o Papa aborde os conflitos mundiais, incluindo a situação em Belém e outras áreas afetadas pelo conflito entre Israel e Hamas.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade