16 de Julho de 2024

Governo vai entregar escrituras definitivas de imóveis a 100 famílias na Capital

Sexta-feira, 16 de Março de 2018 - 06:09 | Redação

imagem
Governo vai entregar escrituras definitivas de imóveis a 100 famílias na Capital

Cem famílias que vivem no Portal Caiobá, em Campo Grande, vão receber do Governo do Estado as escrituras de seus imóveis. As entregas serão feitas às 15h de hoje na Escola Municipal Professor Antônio Lopes Lins, que fica na rua Cibele, 460. “A partir de agora essas famílias poderão dormir tranquilas tendo a certeza de que o imóvel está em seu nome”, afirma a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avezani Lopes.

As escrituras serão entregues aos moradores que já possuem o termo de quitação das casas. Eles receberão os documentos sem ter que pagar o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) e as taxas cartorárias. A ação faz parte do programa de regularização fundiária. “Ter sua casa regularizada é o sonho de muita gente e nós ficamos felizes por fazer parte de um momento tão importante na vida de cada morador”, completa Maria do Carmo.

Governo vai entregar escrituras definitivas de imóveis a 100 famílias na Capital

Entre os beneficiados com a ação estão famílias que vivem há pelo menos 17 anos no Portal Caiobá. Ercílio Moreira Raulino, de 69 anos, garante que foi um dos primeiros moradores do loteamento. “Quando cheguei aqui só tinha mato. Não tinha asfalto, esgoto, casas e nada. Chegamos, trouxemos a enxada e começamos a carpir”, lembra o aposentado. Depois de anos e acordos com governos, ele comemora a oportunidade da regularização. “Durante um bom tempo fiquei pagando uma mensalidade por mês até quitar a casa. Agora, vou realizar um sonho que muitos têm: tem de direito minha casa, depois de quase 20 anos”, diz.

Governo vai entregar escrituras definitivas de imóveis a 100 famílias na Capital

A diarista Maria de Fátima Teixeira, de 63 anos, é chefe de uma das famílias beneficiadas. Ela celebra o fato de conseguir a escritura do imóvel sem ter que desembolsar dinheiro. “Agradeço a Deus e ao governador Reinaldo Azambuja porque eu fui ver uma vez pra pagar e era mais de R$ 6 mil. Não tinha condições”, recorda. “Depois de tantos anos que eu estou aqui ganhei a escritura, assim como ganhei a quitação. Então, estou muito feliz e realizada”, fala a mulher que vive no imóvel com o marido, dois filhos e três netos.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade