23 de Abril de 2024

Mais de 10 universidades desenvolvem projetos para a rota da integração

Terça-feira, 29 de Agosto de 2017 - 05:46 | Redação

imagem
Mais de 10 universidades desenvolvem projetos para a rota da integração

Diversos estudos com o objetivo de consolidar a rota da integração entre o Brasil, Paraguai, Argentina e Chile vêm sendo desenvolvidos desde julho do ano passado por 12 universidades desses países.

A informação é do reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Fábio Edir, que acompanha a expedição de empresários e autoridades dos quatro países que percorreu a rota terrestre para analisar sua viabilidade.

De acordo com o reitor, a rede foi criada em Campo Grande, em seminário criado especificamente para essa finalidade. Fazem parte do grupo, seis instituições de ensino superior de Mato Grosso do Sul, incluindo a própria UEMS, três do Chile, duas da Argentina e uma do Paraguai.

Mais de 10 universidades desenvolvem projetos para a rota da integração

Ele explicou que as universidades já fizeram duas reuniões no ano passado, em San Salvador de Jujuy (Argentina) e em Campo Grande. Ontem foi promovido um novo encontro em Antofagasta (Chile) e até o fim da semana vão ocorrer reuniões em San Salvador de Jujuy, novamente, e depois em Salta, também na Argentina.

O reitor da UEMS revela que a pedido do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e do Ministério das Relações Exteriores, as instituições sul-mato-grossenses da rede já estão desenvolvendo um estudo de viabilidade técnica, que vai dar sustentação para a licitação internacional da ponte binacional entre Porto Murtinho, no Brasil, e Carmelo Peralta (Paraguai).

“Está sendo feito o estudo ambiental, social e a parte do potencial econômico da ligação”, explicou Fábio Edir.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade