13 de Junho de 2024

Feira do Artesanato passa a ser permanente na Afonso Pena

Segunda-feira, 07 de Maio de 2018 - 07:30 | Redação

imagem
Feira do Artesanato passa a ser permanente na Afonso Pena

Nem mesmo a chuva que caiu no fim da tarde d ontem desanimou os artesãos de Campo Grande, que pela segunda vez neste ano de 2018 ocuparam o espaço da Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena, para a realização da feira de artesanato onde puderam comercializar os seus produtos. Com uma variedade de atrações culturais, a edição foi especial para antecipar as comemorações do Dia das Mães e serviu para consolidar a permanência do evento – que faz parte do projeto “Mãos que Criam”, que passará a acontecer mensalmente no local, em um domingo de cada mês.

“Combinamos com os artesãos que eles terão o espaço e toda a estrutura que já é oferecida desde a primeira edição da feira, para que eles possam criar mais essa identidade e comercializar os seus produtos. Embora exista uma variedade de feiras nas praças dos bairros e centro da cidade, ainda assim o segmento tem a necessidade de novos espaços já que a produção é significativa. Aqui nos altos da Afonso Pena já existe uma cultura das famílias passearem aos domingos e agora vão perceber o artesanato local presente, que fortalece a nossa identidade cultural”, informou a secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brun.

Designers, artistas e artesãos que se dedicam à produção de objetos de forma criativa e diferenciada participaram do evento, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo – Sectur, que oferece toda a estrutura das barracas, palco, som e artistas, em parceria com as associações dos artesãos da Capital.

A Feira de Artesanato “Mães que Criam” reuniu cerca de 120 artesãos que puderam oferecer os seus produtos, como tapetes, toalhas, bijuterias, quadros, tudo feito artesanalmente e disponíveis para serem comprados, além de uma ótima opção para presentear as mães nesse dia especial.

Quem foi até o local encontrou telas, peças produzidas em tear, cerâmica, mosaico, patchwork, bolsas de material reciclável e objetos de decoração. Além da oportunidade de apreciar e adquirir os trabalhos dos artistas locais, o público prestigiou a programação cultural no local, que contou com a animação da Banda V8 e de Chicão Castro.

SIGA-NOS NO Jornal VoxMS no Google News

VoxMS - Notícia de Verdade